Eleição do Presidente e do Vice-presidente do Conselho Científico do ISCED-Huíla

Realizou-se nesta sexta-feira 15 de julho de 2022 na Sala Magna, a eleição do Presidente e do Vice-presidente do Conselho Científico do ISCED-Huíla.

A Comissão Eleitoral Ad Hoc, criada ao abrigo do Despacho n.º 223/GP/ISCED-Huíla/2022, reuniu-se hoje sexta-feira, afim de proceder a eleição do candidato a Presidente do Conselho Científico do ISCED-Huíla.

O Conselho Científico é nos termos do artigo 22.º do Estatuto Orgânico do ISCED-Huíla, o órgão colegial de gestão, ao qual compete apreciar, emitir pareceres ou deliberações sobre assuntos relacionados com a área científica, no âmbito da investigação científica, da formação pós-graduada e de outros assuntos que lhes forem submetidos nos termos da lei.

Uma vez aprovada a candidatura  do Professor Catedrático José António Fins e do seu Vice-presidente Professor Doutor Jorge Manuel de Sousa Chaves, procedeu-se a votação em conformidade com o n.º 2 do artigo 25.º  do Decreto Presidencial n.º 305/21 de 16 de dezembro e do n.º 2 do artigo 64º do Decreto Presidencial n.º 310/20 de 7 de dezembro, procedeu-se a contagem dos eleitores e o processo decorreu na normalidade prevista com a participação de 20 membros do conselho científico.

O acto de eleição foi conduzido pelo Presidente da Comissão Eleitoral o Professor Doutor Amadeu António Paulo, tendo sido apurado os seguintes resultados:

  • N.º de eleitores registados a nível institucional 28
  • N.º total de votantes 20
  • Votos a favor 19
  • Votos contra: 0
  • Abstenções 1 voto,
  • N.º de votos obtidos pelo candidato 19

De acordo com os resultados apresentados, foi eleito o professor Doutor. José António Fins.

Na sequência, interveio o representante do sindicato dos Professores do Ensino Superior, O Professor Doutor José António Nahambo, que teceu pareceres importantes para os eleitos.

Tomou a palavra o Presidente do Conselho Científico ora eleito, que começou por agradecer aos presente pela confiança depositada e apelou o empenho e colaboração de todos de forma que em conjunto se tome decisões impotentes para o desenvolvimento e visibilidade científica do ISCED-Huíla.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *