Votação de Membros do Conselho Geral do ISCED-HUÍLA

Votação de Membros do Conselho Geral do ISCED-HUÍLA

Nesta quarta-feira do ano e mês corrente a Comissão Eleitoral do ISCED-HUÍLA avançou com a votação dos membros para o conselho eleitoral.

A Comissão Eleitoral do ISCED-HUÍLA deu início esta manhã a votação dos membros, entre os quais fizeram parte os docentes, administrativos, assistentes, estudantes e sociedade civil. O jornal institucional falou com algumas das pessoas que se fizeram presentes no local.

Rufino Tchipako membro da comissão manifestou-se satisfeito com a participação do público na votação dos membros do conselho eleitoral, apelou aos mesmos o horário de término da votação que será pelas 14:00 horas, ainda falou sobre o papel da comissão no momento da votação «têm algumas atribuições específicas ditadas para o regulamento geral interno, regulamento geral a nível das instituições Públicas, mencionou ainda que uma das competências é acompanhar todo processo de eleição, orientar os eleitores a votarem nos seus candidatos de preferência».

No artigo 4.º da (conduta Eleitoral) No decurso do processo eleitoral todos os intervenientes estão obrigados ao respeito e à observância das normas deontológicas que fundamentam o funcionalismo público, pautando a sua conduta por princípios de urbanidade e ética, constantes do 5.º do presente Regulamento e demais legislação aplicável.

A não observância das regras de conduta eleitoral dá lugar à admoestação verbal ou afastamento da candidatura pela respectiva Comissão Eleitoral do ISCED-Huíla, sem prejuízo da responsabilidade disciplinar, civil ou criminal, se a elas tiverem lugar.

 Feliciano Missaiele funcionário administrativo anseia por um futuro Conselho de Direcção a melhor qualidade de funcionamento, de forma a beneficiar não só os estudantes como também o quadro de pessoal que trabalha no ISCED-HUILA.

Alguns estudantes deram o seu parecer positivo, diante da criação de Comissão Eleitoral Institucional entre eles declarou Celeste Sabango que espera um trabalho árduo por parte da existente e futura comissão de órgão de chefia da Instituição.

No Artigo 8.º (Convocação da eleição) O titular do órgão singular de gestão do ISCED-Huíla convoca, por despacho, as eleições para o Conselho Geral, fixando nomeadamente, o calendário eleitoral e a constituição da Comissão Eleitoral.

O processo de eleição dos membros do Conselho Geral do ISCED-Huíla é dirigido pela respectiva Comissão Eleitoral, constituída por:

  • Presidente, pertencente à classe de professores ou investigadores científicos, com o grau académico de doutor.
  • Dois representantes da classe dos professores.
  • Um representante da classe dos investigadores científicos;
  • Um representante da classe dos assistentes,
  • Um representante da associação de estudante
  •  Um representante da classe dos funcionários não docentes.

 O presidente e os membros da Comissão Eleitoral são nomeados por despacho do Titular do Órgão de Gestão Singular do ISCED-Huíla, ouvido o conselho de Direcção.

A Comissão Eleitoral da Instituição é a favor da democracia, daí o incentivo a comunidade académica, como também docentes  e não só, a participar dos respectivos processos dos órgãos de eleição geral.