ISCED-HUÍLA

Potenciar o impacto da formação pós-graduada de professores em Angola: recomendações sustentadas num projecto de avaliação interinstitucional

Potenciar o impacto da formação pós-graduada de professores em Angola: recomendações sustentadas num projecto de avaliação interinstitucional

Autores: Nilza Costa, Bernardo Filipe Matias et Betina Lopes.

Nesta comunicação apresentam-se os principais resultados de um estudo focado na avaliação do impacto de dois cursos de mestrado ministrados, entre janeiro 2011 e agosto 2016, pelo Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED) da Huíla (Lubango, Angola), destinados preferencialmente a professores. O estudo de avaliação decorreu entre maio 2016 e dezembro 2017 e foi concetualizado e implementado no âmbito de um protocolo de colaboração entre o ISCED_Huíla e a Universidade de Aveiro (UA), duas instituições de ensino superior públicas com larga experiência na formação de professores. A relevância deste estudo enquadra-se no objectivo 4 da Agenda 2063 da União Africana, assim como no papel atribuído à cooperação internacional com Países em Desenvolvimento.

A partir da articulação entre os resultados emergentes da avaliação e a problematização do percurso de colaboração estabelecido entre as duas instituições tecem-se recomendações específicas no sentido de potenciar futuras cooperações no âmbito da melhoria da qualidade do ensino superior nos países africanos de língua portuguesa.

INTRODUÇÃO

Entre 2011 e 2016 decorreu a 2ª edição dos cursos de mestrado “Desenvolvimento Curricular” e “Ensino das Ciências” do Instituto Superior de Ciências da Educação da Huíla (ISCED_Huíla). Nestes cursos matricularam-se mais de 400 profissionais da educação, preferencialmente professores, dos quais 393 concluíram o mestrado, e envolveram-se mais de 50 académicos, de diferentes nacionalidades, nomeadamente ao nível das unidades curriculares (1º ano, componente curricular) e da supervisão das dissertações (2º ano, componente investigativa).

Versão completa, clique aqui.